• Facebook

Notícias

23/10/2019

Simpósio Temático 024 - Biografias e trajetórias femininas: arte e cultura

g
A professora Ana Paula Peters, do mestrado em Música da UNESPAR, junto com as professoras Márcia Ramos de Oliveira (UDESC) e Maria Izilda Santos de Matos (PUC-SP) vão coordenar o Simpósio Temático 024 - Biografias e trajetórias femininas: arte e cultura, no Encontro  Internacional  Fazendo Gênero 12 / Lugares de Fala: Direitos, Diversidades e Afetos

a realizar-se na UFSC (Florianópolis) de 26 a 31 de julho de 2020. 

 

Trata-se do ST 024 - Biografias e trajetórias femininas: arte e cultura


 

O período de inscrição para as comunicações encerra-se em 29/10!




Inscrições: 

https://www.fg2020.eventos.dype.com.br/inscricoes/capa

Link geral do evento:

https://www.fg2020.eventos.dype.com.br/site/capa

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Biografias e trajetórias femininas: arte e cultura

Coordenadoras:
Marcia Ramos de Oliveira (UDESC - Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina) 

Maria Izilda Santos de Matos (PUCSP - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) 

Ana Paula Peters (UNESPAR - Universidade Estadual do Paraná)

 

Resumo:

A proposta deste Simpósio Temático é apresentar e integrar o diálogo entre comunicações que abordem a participação e presença feminina no âmbito das diferentes expressões artísticas e culturais, considerando seu protagonismo nas artes em geral. Tem como destaque nesta atuação, a dimensão biográfica nos diferentes campos artísticos, a exemplo da participação como compositora, intérprete, maestra e produtora na música, coreógrafa, direção de espetáculos e musicais para o teatro e diferentes mídias na dança e na dramaturgia, pintora, escultora, fotógrafa nas artes plásticas e cênicas, nas mídias e comunicação em geral, na moda e design, na cultura escrita e literária, entre outras diferentes performances e interações com a sociedade, a cultura e a expressão, criação e fruição de sensibilidades, sociabilidades e subjetividades. Pretende-se analisar e discutir estudos de caso e trajetórias, considerando o contexto histórico, cultural e social, na dimensão do gênero e suas interseccionalidades com outros marcadores sociais, e a constituição de identidades, e a presença das artes e da cultura na formação, conformação e transformação da mulher vista enquanto indivíduo ou coletividade diante das discussões atualizadas acerca do feminismo contemporâneo. Pretende-se, ainda, refletir neste ST, sobre conceitos e práticas artísticas, educativas e culturais, que possibilitem distintas ações de afirmação e consciência quanto a condição feminina, mobilizadas como linguagens na arte e na tecnologia com projeto de emancipação de gênero.





_




Fonte: Profa Ana Paula Peters

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.