• Facebook

Destaque

05/12/2018

Na diferença se constitui: Exposição de Emerson Persona e Francis Rodrigues no MuMa

a diferença se constitui


Segue até 20 de janeiro de 2019, a exposição “Na diferença se constitui” dos artistas Emerson Persona e Francis Rodrigues no Muma,Museu Metropolitano de Arte, em Curitiba. Com interlocução e texto da artista e pesquisadora, Luciana Silveira, na mostra, os artistas buscam pensar a relação de diferença existente em suas obras, trabalhando com colagem, pintura e desenho.

Emerson Persona apresenta colagens com pinturas e desenhos, em diferentes formatos, tratando da representação do corpo. Nos trabalhos, Persona traz imagens de corpos fragmentados, máscaras, animais e seres híbridos. São imagens que se dão por meio de experiências do artista, relacionando a imaginação e a realidade. O artista utiliza desenhos e pinturas em papel, anteriormente produzidos, para realizar colagens. Ele dá novos sentidos a essas imagens, produzindo tramas de camadas sobrepostas, confundindo as relações entre o fundo e a figura. Os trabalhos surgem durante o processo do artista, gerando espaços híbridos, em que diversas ideias são misturadas, trazendo narrativas que não se apresentam inteiramente. 

Francis Rodrigues apresenta pinturas em formatos pequenos e médios, representando a paisagem e suas possibilidades de experimentação como um lugar de conflitos e contradições. Os trabalhos apresentam situações ambíguas, configurações híbridas, onde a relação com a perspectiva é desdobrada, trazendo outros modos de pensar o espaço. Estas imagens tencionam a figuração e a abstração, e a relação entre a profundidade, a superfície e a materialidade que as constituem.

Na mostra “Na diferença se constitui”, é apresentada a diferença travada nas imagens e trabalhos apresentados e também no diálogo entre os dois artistas que compartilham um ateliê.

A exposição ficará no Muma até o dia 20 de janeiro de 2019, na Sala Domício Pedroso.

Emerson Persona é formado no Curso Superior de Pintura da Escola de Música e Belas Artes do Paraná, onde também fez pós-graduação em História da Arte Moderna e Contemporânea. É mestre em Tecnologia e Sociedade pelo PPGTE – UTFPR. Atualmente é professor colaborador da EMBAP/UNESPAR. Participou de exposições como: “Bienal de Curitiba 2018 | 25 anos”, Espaço Secretaria da Cultura do Paraná, 2018, “O poder de dar nome às coisas”, Musa/UFPR, 2016; “UnderConstruction”, na Casa Andrade Muricy, 2013; “Então…” no Paço da Liberdade, 2013; “UnderConstruction”, no Museu Alfredo Andersen, 2012; “1º Salão de Arte Contemporânea SESI Cultural”, 2011; “Divíduo”, Espaço Cultural BRDE, 2010 entre outras.

Francis Rodrigues é formado em Tecnologia em Artes Gráficas pela UTFPR e no Curso Superior de Pintura da EMBAP, onde também fez pós-graduação em História da Arte Moderna e Contemporânea. Atualmente é mestrando no PPGTE – UTFPR. Participou de exposições como: “A soma de todos os tempos”, Memorial de Curitiba, 2016; “Mistifórios Urbanos”, no Museu Alfredo Andersen, 2013; “Então...” no Paço da Liberdade, 2013; “Imersão na cor”, no Museu Alfredo Andersen, 2011; “1º Salão de Arte Contemporânea SESI Cultural”, 2011; “Possíveis Conexões”, MAC-PR, 2010; “Divíduo”, Espaço Cultural BRDE, 2010.


Serviço

Na diferença se constitui
Emerson Persona / Francis Rodrigues
Exposição: 14/11/2018 - 20/01/2019

MuMA

Museu Metropolitano de Arte - Portão Cultural
Sala Domício Pedroso
Av. República Argentina, 3.432 - Curitiba – Paraná
Horário de funcionamento: 10h às 19h (3ª feira a domingo)
Entrada gratuita

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.