• Facebook

Notícias

12/06/2018

Campanha para a Direção do Centro de Música da Embap/Unespar


Candidata: Ana Lucia Vasquez

*

Prezados colegas professores

Escrevo para compartilhar com vocês a minha intenção de concorrer ao cargo de diretora do Centro de Música desta Instituição de ensino superior. Como alguns de vocês devem saber, estou na EMBAP há vinte anos e venho acompanhando as transformações porque vimos passando.

Nos últimos três anos, tendo assumido a coordenação do curso de Licenciatura em Música, pude me colocar em contato mais efetivo com as questões que dizem respeito aos nossos cursos, vivenciando cotidianamente os problemas e os impasses da educação superior pública no Paraná. 

Acredito que a experiência na coordenação me ensinou muita coisa sobre a nossa realidade e me deu uma visão mais clara dos problemas que nos dizem respeito. Foi essa experiência que me levou à iniciativa de me candidatar a Direção de Centro de Área.  No entanto, gostaria de deixar clara a minha perspectiva a respeito dos cargos a que podemos concorrer e ao papel que devemos desempenhar, quando eleitos. A leitura da documentação relativa a Universidade, deixa clara a percepção de que, ao sermos eleitos para os cargos de coordenador e(ou) diretor, somos representantes dos colegiados ou conselhos que nos elegeram. Não somos eleitos para mandar ou decidir sozinhos sobre o que quer que seja; somos eleitos para levar as deliberações dos colegiados e dos conselhos às instâncias superiores. E é muito bom que seja assim, porque é isto que garante que todos sejam ouvidos e respeitados e que o voto da maioria tenha valor inquestionável.

Assim, não há propriamente um plano de gestão para compartilhar com vocês, mas apenas o desejo de deixar claro que estou me candidatando a um cargo, cuja tarefa mais importante é saber ouvir e respeitar as opiniões e posições dos interlocutores e promover sempre o diálogo entre os diferentes grupos que compõem o Centro de Música, visando a um encaminhamento das questões importantes, sempre de forma a atender os interesses da maioria e o pleno funcionamento da instituição.

Para finalizar, gostaria de lembrar que segundo o Regimento da Unespar, os requisitos para concorrer ao cargo a que me candidato são possuir regime de trabalho TIDE, ter titulação mínima de Mestre e estar lotado no Centro em que se concorre; isto mostra, portanto, a inexistência de exigências relativas a área de formação, o que decorre de uma razão muito simples: as decisões a serem tomadas por aquele que for eleito serão sempre amparadas por ampla discussão nos colegiados, o que garante que estejam de acordo com quaisquer critérios técnicos que sejam relevantes. Isto sem falar que, na verdade, trata-se de um cargo administrativo muito mais que de um cargo técnico. Sendo assim, creio estar plenamente capacitada para a tarefa, até porque, os que me conhecem sabem que acredito no diálogo como a principal ferramenta para a tomada de decisões.

Dessa forma, a partir deste momento, colome-me a disposição de todos os que queiram conversar a respeito de minha candidatura e convido a participarem das reuniões que vou organizar com os diferentes colegiados, justamente para que todos possam tirar as dúvidas que, por acaso, tenham.

Obrigada pela atenção,

Ana Lucia Vasquez

 



_

Fonte: Profa Ana Lucia Vasquez

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.