• Facebook

Escultura



A Escola de Música e Belas Artes do Paraná foi fundada em 1948, três anos depois, criou seu Curso Superior de Escultura, em 1951, cujo reconhecimento se deu em 1955. A EMBAP foi transformada em Autarquia Estadual em 1991, ano em que o Curso Superior de Escultura passou a ser chefiado pelas professoras Lígia Borba e Elizabeth Titton com o intuito de expandir as questões inerentes à prática escultórica na arte contemporânea.

A escultura, cuja origem está ligada à lógica do monumento, ocupando um lugar simbólico, religioso ou comemorativo dentro da cidade, sofreu transformações à partir do final do século XIX, que acarretaram as modificações conceituais ocorridas no século XX. Momento esse, em que a escultura inserida na paisagem e na arquitetura, passou a considerar o seu entorno como elemento ativo de sua estrutura, relacionando o corpo integral da escultura e o espaço cultural que a rodeia. A tecnologia, sempre ao lado da arte na história, também deve ser reconhecida como um agente que gerou profundas revoluções e quebras de paradigmas neste campo.

Considerando estes paradigmas da arte, o curso de escultura visa tanto o conhecimento da tradição e história da escultura quanto a modernização e o incentivo a novas linguagens e expressões. Desta maneira, o projeto pedagógico está fundamentado em dois eixos: um primeiro de natureza poética-prática, que compreende o estudo de técnicas legadas pela tradição e os processos criativos contemporâneos; e um segundo eixo de natureza filosófico-conceitual, constituído pela linha de Teoria e História da Arte. Com este duplo enfoque, espera-se atender às demandas profissionais e sociais no campo artístico, proporcionando a formação de sujeitos capacitados a atuar de forma específica, no campo da escultura, como também em outras áreas da cultura como criadores independentes, que compreendam a arte como área do conhecimento na sociedade.

A grade curricular foi elaborada pensando no contexto histórico e contemporâneo das artes visuais e na expressão tridimensional em específico. Objetiva formar artistas e outros profissionais atuantes nos variados setores ligados à criatividade visual, capazes de realizar atividades pertinentes para o desenvolvimento artístico da sociedade, como artistas independentes ou ligados a instituições públicas e privadas de promoção da arte. O curso visa também criar condições para o pensamento artístico consciente e livre, propiciando a compreensão, por parte do aluno, da sua inserção no contexto brasileiro e internacional, assim como do papel social e humanizador da arte.

O profissional a ser formado pelo Curso Superior de Escultura da EMBAP deve ser capaz de conhecer e aplicar as técnicas artísticas propostas pela organização curricular, bem como estar capacitado a compreender e pensar teoricamente a produção artística nos níveis estético-filosófico, histórico e social. O curso deve ser entendido, também, como um estágio de formação necessário para posterior ingresso em cursos de pós-graduação. O egresso do curso de escultura deverá estar apto a atuar na criação de obras artísticas tridimensionais, bem como atuar em órgãos e instituições públicas e privadas de caráter cultural que trabalhem em prol da promoção da arte, com domínio dos conteúdos práticos e teóricos estudados ao longo do curso.

O profissional formado pelo Curso Superior de Escultura poderá atuar como:
• artista independente, atuante no cenário artístico;
• profissional atuante em instituições públicas e privadas de promoção da arte: museus, institutos, galerias, espaços culturais, arquivos e acervos públicos e privados ligados à arte;
• pesquisador na área artística teórica e prática, atuante em instituições de ensino públicas e privadas;
• profissional atuante como docente em cursos de graduação, extensão e aperfeiçoamento.


Profª. Deborah Bruel 2012


Turno: matutino
Duração: 4 anos
Carga horária: 2.926 horas

Documentos

Histórico do Curso

Docentes



Carina Coordenadora de Curso
Profª Carina Maria Weidle
Email: carinam.wgmail.com






Recomendar esta página via e-mail: